Festival PEDÁGIO CULTURAL
Dia 28 de Abril
em RESENDE
Vanessa da Mata
saiba mais
Dia 12 de Maio
em PENEDO
Luiza Possi
saiba mais
Dia 26 de Maio
em BARRA DE SÃO JOÃO
Fernanda Abreu
saiba mais
Dia 09 de Junho
em ITAIPAVA
Mart'nália
saiba mais
saiba mais
Dia 23 de Junho
em VASSOURAS
Maria Rita

 

Lugar de Mulher é no Palco

RESENDE | 28 ABRIL

A carioca Ana Sucha trata de suas vivências enquanto “ser mulher”, dotada de sentimentalidades, ironia e boas doses de diversidade musical no Festival PEDÁGIO CULTURAL. Ela fará o show de abertura do dia 28 de abril, na etapa de RESENDE.
Ana Sucha

RESENDE | 28 ABRIL

A capixaba Ana Muller, sensação do YouTube, criada ao som do rock brasileiro oitentista e da MPB dos anos sessenta e setenta,  estará no dia 28 de abril no Festival PEDÁGIO CULTURAL, na etapa de RESENDE.
Ana Muller

PENEDO | 12 MAIO

Nascida em Niterói (RJ), Rebeca Sauwen aos 22 anos é vocalista da banda Gragoatá, adora música e ama a natureza. Influenciada por suas avós ela começou bem cedo no mundo da música, participou da quarta temporada do The Voice Brasil e no dia 12 de maio estará no Festival PEDÁGIO CULTURAL, na etapa de PENEDO, em Itatiaia.
Rebeca Sauwen

PENEDO | 12 MAIO

 A cantora e atriz Natália Quadros toca nas feridas sociais abertas pelo patriarcado e propõe um olhar para elas a partir da relação entre as canções e os textos. Com o Cabaré ao Revés busca um espaço para, através da arte, desenvolver uma reflexão histórica sobre a mulher, e problematizar os papéis que a ela são atribuídos em nossa cultura patriarcal. Natália estará no dia 12 de maio no Festival PEDÁGIO CULTURAL, na etapa de PENEDO, em Itatiaia.
Natália Quadros

BARRA DE SÃO JOÃO | 26 MAIO

Aos 31 anos, a cantora pernambucana Lívia Cruz consolidou-se como uma das principais expoentes da presença feminina no hip-hop brasileiro. Lívia  estará no dia 26 de maio no Festival PEDÁGIO CULTURAL, na etapa da BARRA DE SÃO JOÃO, em Casimiro de Abreu.
Lívia Cruz

BARRA DE SÃO JOÃO | 26 MAIO

A gaúcha Duda Brack trabalha na divulgação do seu primeiro disco. "É", sustenta a tradição da canção brasileira, mas subverte o modo como esta é explorada. Duda estará no dia 26 de maio no Festival PEDÁGIO CULTURAL, na etapa da BARRA DE SÃO JOÃO, em Casimiro de Abreu.
Duda Brack

ITAIPAVA | 09 JUNHO

Aos 36 anos, Luana Hansen já tem 17 de carreira e dedica sua música ao protesto de cunho feminista, negro e lésbico. Luana está no
Festival PEDÁGIO CULTURAL abrindo o show do dia 09 de junho, no Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, em Itaipava, município de Petrópolis.
Luana Hansen

ITAIPAVA | 09 JUNHO

A roda de samba de mulheres SAMBADAS está no Festival PEDÁGIO CULTURAL e fará o show de abertura da etapa de ITAIPAVA/PETRÓPOLIS, dia 09 de junho, no Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes.

Sambadas

VASSOURAS | 23 JUNHO

Carol Naine é compositora carioca radicada em São Paulo. Sua música conta histórias, mas desconstrói os modelos e inverte a linguagem, fazendo o ouvinte se pôr no lugar da personagem que, num primeiro momento, lhe causou um riso fácil. Carol estará no dia 23 de junho no Festival PEDÁGIO CULTURAL, na Praça Barão de Campo Belo, em Vassouras.
Carol Naine

VASSOURAS | 23 JUNHO

A brasiliense Celia Rabelo interpreta MPB de qualidade. Sua voz marcante, seu carisma e desprendimento no palco, conquistam públicos de todas as idades por onde passa. Celia estará no dia 23 de junho no Festival PEDÁGIO CULTURAL, na Praça Barão de Campo Belo, em Vassouras.
Celia Rabelo

Mulher na Música

03 10 2016 SAO PAULO SP CADERNO 2 Roberta Martinelli, noca colunista do Caderno 2,  em seu programa ao vivo. FOTO GABRIELA BILO/ ESTADAO

Roberta Martinelli

“A mulher na música é aquela que tem que implorar para que falem de suas canções e de suas letras enquanto a imprensa está focada nos peitos na capa do disco. É aquela que tem o rosto mais lindo, mas suas composições maravilhosas são deixadas no segundo plano. É aquela mulher que luta para provar que é boa jornalista e pode ser bonita ao mesmo tempo que tudo bem. É aquela que lidera uma equipe de áudio toda de homens e eles ficam com risinho de lado. Aquela que aparece na TV aberta rompendo paradigmas e tem que receber críticas na linha ‘Afinal, e a moral?’ [juro que li um depoimento desses – não é ficção]. É aquela que compõe um hit e é chamada de vendida. Aquela que aguenta várias piadas machistas. É aquela que é chamada de ‘Vaca’ até por outras mulheres quando ocupa um cargo alto. Mas, no fim, a mulher na música é uma mulher batalhadora assim como todas as mulheres. A profissão é diferente, mas a luta é uma só.”

Trecho da entrevista de Roberta Martinelli para a Popload, nela Roberta define como vê a “Mulher na Música” nos dias de hoje.

Roberta é apresentadora dos programas “Cultura Livre” (TV Cultura) e “Som a Pino” (Rádio Eldorado), além de colunista de música do jornal “O Estado de S.Paulo”.

CONCURSO
MULHER NA MÚSICA
A oportunidade de você mulher intérprete revelar-se
para o mundo. Venha mostrar o seu talento de cantar.
A Maestrina Natália Larangeira espera a sua inscrição.
saiba mais
Apresentação ANA SUCHA

Contato Rápido

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar